fbpx
Início Aprenda como usar e-mail marketing para vender artesanato

    Aprenda como usar e-mail marketing para vender artesanato

    0
    464
    Aprenda como usar e-mail marketing para vender artesanato - Destaque

    O e-mail marketing é uma ferramenta muito prática na hora de colocar o seu produto na frente do cliente. Isso é um desafio para quase todos os empreendedores do mundo, e ter um bom software de mailing pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso.

    Como um artista que faz produtos feitos a mão, ninguém vai saber mais sobre o seu produto do que você com todos os seus detalhes, materiais, método de produção e as pessoas que o compram. Chegou a hora de concentrar todo o seu conhecimento sobre o seu público e o seu produto em uma estratégia de e-mail marketing que consiga encorajar as suas vendas.

    Aprenda como usar e-mail marketing para vender artesanato - Destaque

    O e-mail marketing é muito popular por ser rápido, prático e barato. Várias pessoas se concentram em fazer propaganda em redes sociais, pagando mais caro e gastando um grande tempo de trabalho. Já o e-mail marketing pode oferecer muito potencial, com um custo significantemente baixo.

    DICAS PARA VENDER ARTESANATO COM E-MAIL MARKETING:

    Uma nota rápida sobre o e-mail marketing: a sua lista de contatos vai incluir muitos tipos de pessoas. O exemplo mais evidente é que haverá clientes e pessoas com interesse mas que ainda não compraram dentro da sua base de dados.

    Para ter uma campanha de e-mail marketing com impacto real, é absolutamente necessário segmentar essa lista de contatos. Isso significa separar os contatos em grupos pequenos de pessoas com características em comum. Isso vai te ajudar a ter uma melhor perspectiva do que essas pessoas querem de você e o que elas esperam do seu e-mail.

    Entre profissionais de marketing, é um pensamento comum que e-mails devem ser personalizados. Todos queremos nos sentir únicos aos olhos das empresas e você entra nesse jogo também. Enviar um e-mail oferecendo algum produto que a pessoa já comprou é um erro grave, porque ele mostra ao cliente que você não tem cuidado com o que envia! Evite esse tipo de gafes e invista tempo em criar segmentos dentro da sua lista, tendo uma clara direção em cada campanha de e-mail marketing (para quem ela foi feita e qual é o valor da mensagem).

    Agora que tiramos isso do caminho, foquemos no que você pode fazer para usar os seus e-mails e vender o seu artesanato.

    01) Mantenha o contato com e-mail marketing: Ter uma base de clientes que sempre voltam e compram é o objetivo de muitos empreendedores criativos pelo mundo. Afinal, conquistar clientes novos fica mais caro e mais difícil com cada dia que passa. Por isso, é muito mais fácil ganhar a lealdade de clientes atuais.

    Mas para que o cliente se lembre de você, é preciso manter o contato. Ganhar a fidelidade do cliente não é nada simples, isso requer muito tempo de planejamento e muita dedicação. A maneira mais simples de conseguir manter uma janela de comunicação sempre aberta é o uso de newsletters. Um simples e-mail mensal ou semanal no qual você compartilha conteúdo com os seus clientes.

    Um aspecto vital para oferecer um serviço de newsletters é que você tenha conteúdos úteis para divulgar. Afinal, apenas descontos de compra não é o suficiente para manter o interesse do cliente. Você precisa de informação, de algo que tenha valor.

    Pense bem o seu negócio. Você tem muita paixão pelo o que faz. Trabalho artesanal requer atenção e muito esforço. Com a sua newsletter, compartilhe essa paixão com artigos que falem sobre o seu produto, a inspiração por trás do que é feito e outras curiosidades.

    Vale a pena lembrar da questão de segmentação. A segmentação, antes do que nada, ajuda você a escolher o conteúdo certo para cada segmento. Preste atenção no que as pessoas fazem no seu site (que páginas ou posts elas tiveram mais interesse, por exemplo) e use isso para ter um conteúdo adequado. Se você vende uma blusa feita a mão, considere fazer um segmento com todos os clientes que compraram essa blusa e envie conteúdo sobre como a blusa foi feita, de onde veio o material, a pessoa por trás desse lindo trabalho, ou seja, uma história da produção oferecida. A chave é você manter o cliente interessado, manter o cliente com o nome da sua loja em mente sempre!

    02) Seja transparente:  Todos os seus clientes que compram online tem o mesmo dilema: eles estão comprando algo que nunca viram pessoalmente. Por isso, é vital que você tenha fotos de alta qualidade que mostrem todos os detalhes do seu produto.

    Aqui, devemos ter cuidado. Se você estiver no lugar do cliente, vai ver que na verdade o cliente está comprando a foto do produto. Essa foto vai estabelecer a expectativa do cliente e é importante que você cumpra esse sentimento através do produto real. Por isso, seja muito honesto com as suas fotos, tenha certeza de que todas as fotos são realmente representativas do que você vende.

    Outra questão é a descrição do produto. É vital ter uma descrição rigorosa do produto com todos os aspectos possíveis. Você quer pintar uma imagem do seu produto na cabeça do cliente, e quanto mais clara essa imagem for, melhor!

    Tanto as fotos como a descrição tem uma grande importância, porque eles estabelecem uma certa credibilidade e honestidade da sua parte, e ambos são fatores importantes na decisão de compra de qualquer internauta.

    03) Apresente o lado pessoal do seu negócio nas suas campanhas de e-mail marketing: Pessoas que compram coisas feitas à mão são evidentemente diferentes de pessoas que compram produtos feitos por grandes fábricas em algum lugar da Ásia. Esse tipo de pessoa tende a querer um fator de pessoalidade, de uma sensação de que o produto foi feito por uma pessoa e não uma máquina. Isso é muito significativo para você!

    Use isso nas suas campanhas de e-mail marketing. Faça com que o seu negócio não seja apenas um nome, mas sim uma entidade com toda uma história e personalidade. Nos seus e-mails, considere ter uma parte que conte a sua história. Afinal, por que você decidiu vender o seu artesanato? Quais foram os seus maiores desafios até agora? Qual é a sua fonte de inspiração?

    Podem parecer coisas bobas, mas clientes que gostam do seu produto provavelmente querem saber mais sobre a sua empresa e o artista por trás do produto. Apresente as pessoas que te ajudam a fazer a sua arte, as empresas que ajudam no processo de venda ou produção. Os clientes mais curiosos vão ler e se identificar com você e com a sua trajetória.

    Se conectar com os clientes em um nível pessoal é sempre bom para você, porque cria um relacionamento entre a marca e o cliente. Um cliente que sabe mais sobre a sua empresa e que se deu ao trabalho de ler a sua história vai se lembrar de você, e provavelmente voltará no momento oportuno.

    04) Incentive comentários nas plataformas onde você vende o seu produto: Como mencionado antes, internautas podem ser muito cautelosas na hora de comprar online. As fotos e a qualidade da descrição tem um impacto grande na hora de estabelecer credibilidade, mas há outra coisa que tem ainda mais impacto na decisão de compra: opiniões de outros clientes que já compraram o produto.

    Os internautas têm mais chances de acreditar no que outros internautas dizem. Um estudo feito pela E-commerce Nation chegou à conclusão que 72% dos internautas fazem a compra online apenas depois de ver pelo menos um comentário positivo. O mesmo estudo concluiu que consumidores gastam 31% mais em sites que também tem comentários positivos.

    Com essas estatísticas em mente, pense bem em como você pode conseguir que os seus clientes gastem alguns minutos para deixarem comentários sobre o seu produto. Na hora de segmentar a sua lista de contatos, procure os clientes que engajam mais com você. Isso pode significar as pessoas que compram muito, pessoas que comentam e compartilham os seus posts em redes sociais, que respondem aos seus e-mails etc.

    Com clientes que já engajam mais com você, será mais fácil convencer eles de que podem tomar alguns minutos para opinarem. Com cada comentário, temos dois tipos de benefícios: Aumento de chances de vender seus produtos. Pois o perfil do seu produto vai inspirar mais confiança e cada comentário é uma oportunidade de melhorar o seu serviço e fidelizar mais clientes!

    Fique atento à comentários sobre coisa que podem ser melhoradas e aceite a realidade: para ter um negócio sustentável, você precisa estar disposto a melhorar o que faz constantemente.

    SEM COMENTÁRIOS

    DEIXE UM COMENTÁRIO

    Por favor deixe o seu comentário!
    Please enter your name here